Open Access Open Access  Restricted Access Subscription or Fee Access

A influência da língua portuguesa nas línguas bantu faladas em Moçambique: o caso da língua xichangana

Alexandre Antonio Timbane, Rosane de Andrade Berlinck

Abstract


Resumo. Moçambique tem uma grande diversidade linguística. No 3º Seminário da Padronização de línguas bantu moçambicanas realizado em 2008 foram padronizadas ortograficamente 17 línguas de grupo bantu (Ngunga e Faquir). O português é a língua oficial, porém não é materna para a maioria da população (Constituição). O português é falado especialmente por pessoas escolarizadas e/ou por aquelas que moram na zona urbana. A língua xichangana é uma língua bantu (a 2ª língua mais falada em Moçambique) que se modifica nos últimos anos, sobretudo a nível lexical, fruto do contato com o português. A pesquisa objetiva conhecer e explicar as influências português no xichangana. Através de corpus extraído em gravações de conversas informais em xichangana e do levantamento lexical no Dicionário changana-português (Sitoe) verificou-se como os empréstimos não só provêm do português, mas também do inglês e do afrikaans. A integração ocorre ortográfico e foneticamente na maior parte dos casos e que esses fenómenos não empobrecem, mas sim enriquecem o xichangana. Muitos empréstimos são necessários, pois não existe o equivalente em xichangana porque retratam realidades novas, resultados da expansão das novas tecnologias. Constata-se que há mudanças significativas nos sobrenomes resultado do aportuguesamento.

 

Abstract. Mozambique has a great linguistic diversity. At the 3rd Seminar on the Standardization of Bantu Mozambican Languages, in 2008, 17 languages of the Bantu group were standardized (Ngunga and Faquir). Portuguese is the official language but it is not maternal for the majority of the population (Constituição) Portuguese is spoken especially by educated people and/or by those living in urban areas. The xichangana language is a Bantu language (the 2nd most spoken language in Mozambique) that has changed in recent years, especially at the lexical level, due to the contact with Portuguese. This research aims to understand and explain the influences of Portuguese in xichangana. Through a corpus extracted in recordings of informal conversations in xichangana and of the lexical survey in the Dicionário changana-português, (Sitoe) we established how linguistic borrowing derives not only from Portuguese, but also from English and Afrikaans. The integration of loanwords takes place orthographically and phonetically in most cases. These phenomena do not impoverish, but rather enrich xichangana. Many loanwords are necessary as there is no equivalent in xichangana. The loanwords portray new realities, resulting from the expansion of new technologies. It is observed that there are significant changes in surnames resulting from Portuguesecizing.

 

 


Keywords


Moçambique; Influência; Português; Língua Xichangana.

Full Text:

PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.