Open Access Open Access  Restricted Access Subscription or Fee Access

Métodos críticos: da hermenêutica à paródia – Os Lusíadas lido por Jorge de Sena, Eduardo Lourenço e Gonçalo M. Tavares

Joao Albuquerque

Abstract


Resumo. O escopo deste artigo reside em fornecer contributos para uma teoria da leitura a partir da análise de dois tipos de abordagem crítica a um texto literário: a hermenêutica e a paródica. Tomando como objecto de estudo a obra de Luís Vaz de Camões, Os Lusíadas, serão, por um lado, examinados os ensaios contidos no primeiro volume de Trinta anos de Camões, de Jorge de Sena, e os três primeiros textos sobre Camões de Poesia e Metafísica, de Eduardo Lourenço; e, por outro, Uma Viagem à Índia, de Gonçalo M. Tavares. Indagando acerca das premissas em que assentam os métodos de leitura inerentes a estas obras, será intentada a demonstração de como, a partir de algumas interpretações e questionamentos específicos que aqueles métodos fazem emergir da épica camoniana, tais premissas correspondem a duas visões distintas das funções da crítica literária.

 

Abstract. The scope of this article comprises the contribution for a theory of reading from the analysis of two types of critical approaches to a literary text: hermeneutics and parody. Taking as an example the work of Luís Vaz de Camöes, Os Lusíadas, there will be, on the one hand, an analysis of the essays contained in the first volume of Trinta anos de Camões, by Jorge de Sena, and the first three texts on Camöes in Poesia e Metafísica, by Eduardo Lourenço; and, on the other hand, Uma Viagem à Índia, by Gonçalo M. Tavares. Inquiring into the premises that underlie the reading methods inherent in these works, this article attempts to demonstrate how – departing from some specific interpretations and questions that such methods educe form the Camoensian epic – such premises correspond to two distinctive visions of the functions of literary criticism.


Keywords


Hermeneutics, Lusiadas, Jorge de Sena, Eduardo Lourenço, Eduardo Tavares

Full Text:

PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.